"Às favas com os escrúpulos"  estréia em São Paulo, capital, em 18 de maio de 2007,

inaugurando  o Teatro Raul Cortez, na Federação do Comércio.

Escrita por Juca de Oliveira e dirigida por Jô Soares, tem no elenco, além de Bibi Ferreira, e Juca de Oliveira,

Neuza Maria Faro, Daniel Warren e Adriane Galisteu.

 

 

 

 

 

                          

 

        

Comédia de Juca de Oliveira

                                    traz Bibi ao palco

 

 

 

 

Após 50 anos de musicais, atriz volta à prosa em Às Favas com os Escrúpulos, dirigido por Jô Soares

 

 

                    Livia Deodato - 17 de maio - Estadão

 

 

 

Pouco antes do início da coletiva, a veterana atriz Bibi Ferreira já estava no palco, posicionada diante dos holofotes, câmeras, máquinas fotográficas e repórteres. 'Estou me sentindo a própria Julia Roberts em Notting Hill. Agora vou responder assim: 'yes', 'no', 'yes', 'no'', disse ela, arrancando gargalhadas dos presentes e quebrando o gelo inicial. Não é para menos. Após mais de 50 anos se dedicando exclusivamente aos musicais, Bibi está de volta ao teatro de prosa. E seu retorno se dá em grande estilo (como usualmente são seus trabalhos). Juca de Oliveira escreveu o texto da peça pensando em Bibi Ferreira.

O público pode conferir a 'reestréia' de Bibi a partir de hoje, no espetáculo Às Favas com os Escrúpulos, escrito por Juca e dirigido por Jô Soares, no Teatro Raul Cortez (ex-Fecomercio). No elenco, além de Bibi e o próprio autor, estão Neusa Maria Faro, Daniel Warren e Adriane Galisteu, muito elogiada por seus experientes colegas. 'Ela é uma das maiores profissionais com quem já trabalhei. Ama o teatro, estuda bastante', garantiu o diretor. 'Quando o Jô me ligou, eu nem deixei ele terminar o convite. Se fosse só para servir cafezinho eu iria com muito prazer', disse Adriane. Warren, por sua vez, deu a tréplica: 'Bom, se a Adriane serviria café, imagina eu?' O ator de 29 anos, formado pelo Indac, participou de uma das leituras dramáticas que Jô promove em seu loft e foi convidado pelo próprio para integrar o elenco.

Às Favas com os Escrúpulos é mais uma comédia política de Juca. Conta a história de Lucila (Bibi Ferreira), casada com o senador da República Bernardo (Juca de Oliveira) há 53 anos. Vivem um relacionamento permeado pela harmonia, até que Lucila descobre que Bernardo tem uma amante, Brenda (Adriane Galisteu), sua digníssima secretária. E mais: não é um casinho passageiro, ele já está com as malas prontas para viver esse grande amor. Lucila é amparada por Dos Anjos (Neusa Maria Faro), sua governanta e amiga há mais de 50 anos, e por seu neto Mateus (Daniel Warren), experiente hacker que vem a descobrir detalhes inéditos e indignos da vida do avô.

'Eu não penso em escrever comédias políticas. Simplesmente escrevo histórias que retratam o homem defeituoso, que quando transposto para o teatro, acaba se tornando uma comédia', explica Juca. Cinco leituras foram feitas antes do início dos ensaios, no fim do ano passado. Tudo para que a peça fosse ajustada em seu melhor molde. 'Tive de matar alguns personagens.' O autor e ator quer escancarar essa 'realidade terrível que estamos vivemos', onde tudo falta, principalmente escrúpulo. Bibi mostra-se ansiosa para a estréia. 'Considero como uma primeira noite de amor.'

 

 

 

 

Juca de Oliveira fala sobre Bibi FerreiraFoto de Joco Caldas

 

 

 

Entrevista a Paulo Henrique Amorim

 

" ...Como atriz eu só vi Bibi na peça do Chico, “Gota D’água”. Ela cantava, mas o papel fundamental era falado. E aí eu vi, na minha opinião, a maior atriz que eu vi representar no Brasil. Eu fiquei meio chocado quando vi. Eu trabalhei muito com ela como diretora. Mas o fato dela ser diretora, ela demonstra todo o tempo porque ela representa pra você. Ela representa todas as personagens, então, você sente que você está em face de uma atriz excepcionalmente talentosa.

E as pessoas vão ver a Bibi Ferreira, vão ver um lado de grande comediante, em “Às Favas com os Escrúpulos”, mas também num viés totalmente trágico. As pessoas vão ter a oportunidade de ver a Bibi em grande amplitude de interpretação. Ela realmente é chocantemente talentosa..."

 

 

 

 

"Às favas com os escrúpulos"

Excelente comentário de Bernardo Schmidt :  AQUI

 

 

,A peça
O elenco na coletiva de 14 de maio. Foto de Iwi Onodera

 

 

Entrevista - Programa do Jô

Em entrevista a Jô Soares, Bibi fala sobre a peça e a direção de Juca de Oliveira.

 

Veja o vídeo AQUI

 

 

Bibi Ferreira no Jornal da Globo - 17/05/2007
 

Veja o vídeo AQUI

 

 

 

 

"Às favas com os escrúpulos"

"É uma montagem bem-acabada, com cenário caprichado e direção de Jô Soares.

E ainda tem Bibi Ferreira.

Do olhar mais discreto à ótima cena de embriaguez de sua personagem, a atriz faz por merecer o título de diva do teatro brasileiro.

Mônica Santos - Veja São Paulo

 

 

Juca de Oliveira recicla recursos de obras anteriores em texto para Bibi Ferreira

Dirceu Alves Jr. - Isto É Gente - 22 de maio de 2007 -
 
 Leia  AQUI
 

 

 

 

Vidas bem vividas  - Contardo Calligaris

Folha de S. Paulo - 31 de maio de 2007

Leia  AQUI

 

 

Our Fair Lady : Bibi é intensa, magnética, um patrimônio

Mônica Manir  -  Estado de S. Paulo - 10 de junho de 2007

 

Leia  AQUI

 

 

 

 

Prossegue a temporada de sucesso de "Às favas com os escrúpulos" na capital paulista.

O jornalista Artur Xexéo foi assistir e escreveu: Catarse em São Paulo

Imperdível!

 

 

 

Craques do Humor

 Dirceu Alves Jr.  -  Veja São Paulo

LEIA AQUI

 

 

Domingo, 16 Setembro, 2007

A emoção e o prazer de ver Bibi em cena

Mauro Ferreira

 São Paulo - O assunto báscio aqui é música, mas peço licença ao André Gomes, do blog vizinho Supercênico, para falar de teatro. Mais precisamente de Bibi Ferreira, de quem sempre fui fã incondicional. Nunca me esqueço da emoção da estréia do Bibi in Concert no Teatro João Caetano, em 6 de abril de 1991. Bibi sempre aliou teatro e música em seus espetáculos com força incomum, mas há muito tempo (desde 1959, pelo que me consta) que ela não encenava uma peça tradicional, sem música. Daí minha ansiedade para ver Às Favas com os Escrúpulos, em cartaz em São Paulo. Tive que controlar tal ansiedade por conta da crise aérea, mas, enfim, fui a Sampa especialmente para ver Bibi. E como foi prazeroso, emocionante mesmo, vê-la brilhar em cena - aos 85 anos - num texto até raso, mas que cumpre bem sua função de entreter a platéia e de falar mal dos políticos (os cacos em relação à absolvição de Renan Calheiros pelo Congresso Nacional) provoca aplausos em cena aberta. Bibi está - para variar - divina. A cena em que ela se embriaga - ao descobrir as traições do marido que idealizava - já credencia a atriz a receber todos os prêmios teatrais do ano. Enfim, Bibi Ferreira está cena. E isso, por si só, já é um acontecimento e um motivo para cariocas fãs de teatro se deslocarem para São Paulo para ver e aplaudir a diva em seu habitat natural. O prazer de ver Bibi atuar compensa qualquer transtorno aéreo (e meu vôo atrasou muito!). Mesmo porque ninguém voa mais alto do que Bibi Ferreira no palco.
 

 

 

EGO Gente viu: Leia AQUI

 

 

 

 

 

Prêmio  Contigo de Teatro - Melhor Atriz

Dia 5 de novembro

 

Aplaudida de pé, Bibi dedicou o troféu a Paulo Autran:

 “Nesses anos todos de carreira, ganhei prêmios pelos musicais que fiz, sempre cantando.

Mas este é o primeiro prêmio que recebo como atriz de teatro de prosa. Paulo Autran,

a você dedico esse prêmio”, disse Bibi.
 

 

 

 

Bibi Ferreira figura entre os 15 paulistanos que brilharam em 2007

 

 Portal  Revista Veja

Os quinze personagens da vida de São Paulo retratados nas páginas desta reportagem estiveram, cada um a seu modo,

 sob os holofotes em 2007.

Escolhidos por Veja São Paulo pelo trabalho bem-sucedido que realizaram nos últimos doze meses,

eles deixaram uma marca forte em diferentes áreas.

Alguns não nasceram na cidade, mas tornaram-se paulistanos adotivos ou fizeram da metrópole o cenário de sua atuação.

 

Por Thales Guaracy  - 19.12.2007

LEIA AQUI

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Home

Bibi Links

 

 

Atualizada em 04/07/2011 15:57

 

 

Música: Castigo - Dolores Duran - interpretação de Bibi Ferreira (do cd "Brasileiro Profissão Esperança")

Imagem de abertura: edição by Angela Glavam - fotos de Willian Aguiar & Lu Yoshikawa

Todos os elementos que decoram esta página foram criados por Angela Glavam.

 

 

 

Todo o material encontrado em "Bibi Ferreira e Edith Piaf" foi cedido, criado ou pesquisado  para uso restrito (e sem fins lucrativos) no site acima citado. É proibida a retirada ou reprodução de  qualquer material escrito ou fotografado, assim como de elementos gráficos concebidos com exclusividade para essas páginas. Todavia, se eventualmente for encontrado algum material que possa ser identificado por terceiros, daremos o crédito devido, mediante comunicado e apresentação das devidas provas.

Copyright © 2001 by bibi-piaf.com ® 

Todos os direitos reservados