"Bibi vive Amália" - foto Guga Mélgar.

 

 

     

 

 

Todos os elementos que decoram esta página foram criados por Angela.

 

 

A Arte - Parte  4 

 

 

     Janeiro  

 

Estréia de "Tango, bolero e cha cha cha", no Teatro Cultura Artística, São Paulo.  No elenco, Edwin Luisi, Paulo César Grande, Maria Helena Dias, Ivone Hoffmann, Miguel Thiré .

Sucesso de público e crítica,  texto de Eloy Araújo e direção de Bibi Ferreira, a peça ficou em cartaz no Rio de Janeiro, no Teatro Ginástico, durante 10 meses consecutivos. Segundo Bibi, trata-se de uma comédia moderna, plena de humor e de glamour, que contempla um tema atual, complexo e de difícil abordagem - a relação de um transexual com sua família. 

Edwin Luisi.

A excelente atuação de Edwin Luisi, irreconhecível como um transexual, já lhe rendeu os prêmios para melhor ator :  Prêmio Qualidade Brasil, Prêmio de Melhor Ator do Governo do Estado do Rio de Janeiro,  Indicação do Prêmio Shell de Melhor Ator.

 

"Bibi canta e conta Piaf" prossegue em sua trajetória de sucesso, sendo agora apresentado em  Fortaleza, Ceará, para um público de 5000 pagantes, no " Espaço Cultural Dragão do Mar ", tendo como regente o maestro Nelson Melin.

 

   Março

 

  Bibi dirige, no Rio de Janeiro, no Teatro Vanucci, a peça de Juca de Oliveira, "Qualquer gato vira-lata tem uma vida sexual mais sadia que a nossa". O espetáculo ficou em cartaz em São Paulo durante 2 anos. "Quaquer gato vira-lata tem a vida sexual melhor que a nossa" conquistou o Prêmio Apetesp de Melhor Autor em 1999. No elenco, além de Rita Guedes, estão Hiram Ravache, Marcos Pasquim e Roger Gobeth.


  Abril

 

Dia 6: "Letti e Lotte" chega ao Teatro Sesi, no Rio, após uma temporada em São Paulo. 

Texto: Peter Shaffer. Direção Geral: Bibi Ferreira. Tradução: Maria Adelaide Amaral. Com Rosamaria Murtinho, Nathalia Timberg.  Nelson Dantas, Magaly Evangelista e Rodrigo Mendonça também estão no elenco.

Segundo Rosamaria Murtinho "ser dirigida por Bibi Ferreira é uma aula de talento e profissionalismo. Ela é maravilhosa. Eu me atiro e ela me segura. Dá uma sensação de firmeza que é genial para o ator. Sua maior qualidade  é a perspicácia. Nada lhe escapa. Tem uma percepção muito jovem do que acontece a sua volta. E transmite tudo para o ator, não escamoteia informações, o que é de uma generosidade enorme. O bom diretor tem de ser detalhista, atencioso e exigente. Bibi é tudo isso."

Nathalia Timberg afirma que o espetáculo resulta de um pacto de amizade. "Sou amiga de Rosamaria há anos e quanto a Bibi, bem, ela me dirigiu em minha estréia profissional, em 1954, quando atuei em 'Senhora dos Afogado', no Rio de Janeiro. Agora nos reencontramos. Bibi transcende, recria, como fez em Piaf. Senti prazer enorme neste trabalho. Bibi faz o ator viajar com ela". Segundo Timberg, a peça mostra duas mulheres especiais e antagônicas, que descobrem, com o tempo, um denominador comum entre elas. "Esse enfoque hoje é muito abandonado, e eu, como cultuo a amizade, achei bonito isso".

 

"Letti e Lotte" _ Nathalia Timberg e Rosamaria Murtinho.

 

 

Bibi, Nathalia e Rosamaria.

 Bibi Ferreira_março de 2001_ em sua casa.

    Maio 

 

 "Silêncio! Vai se cantar o fado"...

 

 Preparando Amália:

"Bibi vive Amália" é o próximo show estrelado por Bibi e ponto alto das comemorações dos seus 60 anos de carreira. 

A  estréia, em 1° de junho, dia em que a atriz comemorou 79 anos de idade, inaugura a casa de espetáculos Ribalta, na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro.

 

Além do espetáculo, o projeto "Bibi Ferreira - 60 anos de palco"  inclui uma exposição fotográfica e o lançamento de uma fotobiografia.

Sobre o espetáculo, escreveu Hildegard Angel, em sua Coluna, no jornal "O Globo", em 20/4:

  "BIBI cantando Amália para 500, com jantar pelos chefs Alain e Dominique Raymond, é o que nos reserva o primeiro de junho da inauguração da Ribalta, a maior casa de eventos da cidade.  A geminiana Bibi comemora, no mesmo dia, seu aniversário..."

 

"Palco novo para Bibi contar em fados a história de Amália Rodrigues "

  Atriz lembra a dama da canção portuguesa na inauguração da Ribalta." 

(Jornal "O Globo" - 12 de maio)

 

- Fazer Amália é homenagear, da melhor maneira possível, o povo português. Não me apresento como uma cantora de fado que não sou. Estou aprendendo, estudando. Não é fácil cantar sem o sotaque ficar forçado - esclarece Bibi.

- A voz de Amália era perfeita. Estudo Amália há três meses. Primeiro entendi, depois senti, agora faço uma minuciosa apuração, sílaba por sílaba.

E fala sobre as dificuldades que o espetáculo impõe:

 -É muito difícil estudar a prosódia portuguesa - é sílaba por sílaba. Para cantar é preciso memória, prosódia, entrar no tempo dos músicos, projetar a
voz. É um trabalho de artesão. Na música você arrisca cada nota - e, como são milhares, o risco é muito grande.

 

Foto de Leonardo Aversa - maio de 2001 - em frente ao "Ribalta".

 

 

Na agenda de divulgação do show, entrevistas a jornais e revistas, além da participação no programa "Jô Soares  Onze e Meia", no dia 28 de maio (foto ao lado)

 

   Junho

"Tango, bolero e cha cha cha" confirma o talento de Bibi como diretora. A  peça é sucesso em São Papl

Estréia de "Bibi vive Amália", no Rio de Janeiro. Apenas três apresentações,  dias 1º, 2 e 3, na Ribalta.  O espetáculo voltaria a ser apresentado no Rio, em julho.

 

    Dia 4 de junho: início da tornée nacional de "Bibi vive Amália":

     *  São Paulo: inaugura o Espaço Santo Agostinho - seis apresentações.      

     *  Florianópolis: 22/23 junho  (Teatro do CIC)

     *  Porto Alegre: 28/29//30 junho (Teatro São Pedro)

 

"Bibi vive Amália" - Foto Dulce Helfer - Porto Alegre.

 

 

Julho

 

  "Bibi vive Amália" de volta ao Rio  

Consagrado pela crítica e pelo público, o espetáculo volta ao Rio de Janeiro, em temporada popular.

Nos dias 9/10/ 11/16/17 e 18 de julho, "Amália" encanta os cariocas - no Teatro João Caetano.

Os ingressos para os três primeiros dias esgotam rapidamente.

 

RIO - Não há mais um só ingresso disponível para a temporada popular do espetáculo "Bibi Vive Amália", programada para de hoje a quarta-feira no Teatro João Caetano. Por conta disso, a produção do show, no qual Bibi Ferreira canta o repertório da diva do fado Amália Rodrigues, vai fazer duas sessões-extras nos dias 16 e 17.

Jornal o Globo - 9/7/2001


 

  "Bibi vive Amália" - Curitiba

Imenso Portugal 


O Guairão vai virar hoje, às 21h, uma grande casa portuguesa, com certeza. Bibi Ferreira faz apresentação única do magistral "Bibi Vive Amália", com o qual comemora sessenta anos de carreira. O espetáculo, que vem encantando o público de todo o país, tem o apoio da Brasil Telecom e da Petrobrás. No Paraná, leva a marca da competente Verinha Walflor.

• • •

Aliás, Bibi acaba de ganhar um site em sua homenagem e à cantora francesa Edith Piaf, que ela já interpretou nos palcos. Trata-se do www.bibi-piaf.com

Coluna Ronaldo Bessa - Gazeta do POVO - Curitiba - 20/07/2001.

 


 

  "Tango, bolero e cha cha cha" - direção Bibi Ferreira: curta temporada no mega palco do ATL Hall, na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro.

   

Saiu no jornal O Globo - Coluna Hildegard Angel - 27/07:

"Estaremos todos lá no Canecão pra ver a divina Bibi Ferreira vivendo a não menos maravilhosa Amália Rodrigues. Amália foi a artista estrangeira que mais tempo ficou em cartaz no Canecão, sabia?..."

 

   Agosto

 

   veja rio recomenda: 

"Bibi vive Amália" - Canecão - dias 3/4 /5 /11 e 12 de agosto.

 

Bibi Vive Amália estreou em junho, na casa de shows Ribalta, e depois cumpriu concorrida temporada no Teatro João Caetano. Em onze horas, os 3.600 ingressos para a primeira semana foram vendidos. O público tem mais uma chance para entender tanto sucesso. O espetáculo passa duas semanas no Canecão, a partir de sexta (3). O primeiro encontro de Bibi Ferreira com a cantora portuguesa Amália Rodrigues (1920-1999), no Museu do Teatro, em Lisboa, não foi animador. "Ficamos nos encarando sem sequer nos cumprimentar", conta. Quando assistiu ao musical Bibi Canta Piaf, a rainha do fado rendeu-se: declarou o desejo de ter a vida retratada pela colega. Dito e feito. O texto é todo composto de declarações de Amália. Alguns trejeitos também foram assimilados. "Fiquei arrepiado quando vi. É de uma semelhança assustadora, sem cair na imitação", atesta o guitarrista português Carlos Gonçalves, que acompanhou Amália por quase trinta anos e toca ao lado de Bibi. "É uma transmutação física. Só mesmo a Bibi seria capaz de fazer com tanta perfeição", confirma a atriz Tônia Carrero. O repertório reúne 23 fados, entre eles os lacrimosos Nem às Paredes Confesso, Foi Deus e Perseguição. Imperdível.

 

 18 e 19 de agosto - apresenta "Bibi vive Amália" no Teatro SESC - em Santos - São Paulo.

28 de agosto:  Bibi Ferreira canta o Hino Nacional Brasileiro na  inauguração do Shopping Bourbon - Porto Alegre.

 

   Setembro

 

  Inicia os trabalhos de direção da peça "Conduzindo Miss Daisy". No elenco, Nathalia Timberg, Milton Gonçalves e Reinaldo Gonzaga - no Teatro Ginástico - Rio de Janeiro.

 

Chico Buarque e M.Bethânia cantando "Sem Fantasia" - foto de Rosane Marinho.

  5 de setembro

Dirige Maria Bethânia no show de lançamento do cd  "Maricotinha". O espetáculo  comemora os 35 anos de carreira da cantora e reúne, no mesmo palco, grandes nomes da MPB, entre eles: Chico Buarque, Caetano Veloso, Edu Lobo, Gilberto Gil, Nana Caymmi, Arnaldo Antunes.

 

  Outubro

 

Apresenta "Bibi vive Amália" em Joinvile,  Santa Catarina, inaugurando o Teatro Juarez Machado.  

 

"Conduzindo Miss Daisy" - em cena! Confira!    Clique aqui! 

Dirigida por Bibi Ferreira, a peça  de Alfred Uhry estréia na  sexta-feira, dia 26, às 19h30h, no Teatro Ginástico (630 lugares) - Avenida Graça Aranha, 187 - Centro - Rio de Janeiro.

"...A direção de Bibi Ferreira busca apenas aquilo que todos acham muito simples mas que é muito difícil, simplesmente pôr em pé o texto e seu significado. Sem enfeites, ela dá ao espetáculo a fluência possível..."

24/11/2001  Bárbara Heliodora - Jornal O Globo - Segundo Caderno



31 de outubro: apresentação de "Bibi vive Amália" em Juiz de Fora - Minas Gerais.

 

 

Todos os elementos que decoram esta página foram criados por Angela.  Novembro

 

  Bibi Ferreira - 60 Anos de Carreira 

"Simplesmente Bibi"

 

Exposição retrospectiva da vida e da carreira de uma artista única.

 Museu Nacional de Belas Artes  -   Rio de Janeiro 

dia 6 de novembro, terça-feira, às 12 hs. - Sala de Obras Especiais - 2º andar

 

Convite:

Aos 14 anos Bibi já tinha em mente as cenas dos grandes musicais! Confira!

Clique na imagem para vê-la em tamanho natural - vale a pena! É lindo!

 

" SIMPLESMENTE BIBI "

A mostra reúne fotografias, vídeos, prêmios e objetos pessoais que contam a história da vida e da carreira de Bibi Ferreira, que comemora 60 anos de carreira. Museu Nacional de Belas Artes — Av. Rio Branco 199, Centro — 2240-0068. Ter a sex, das 11h às 17h. Sáb. dom e feriados, das 13h às 17h. R$ 4. Dom. entrada franca.

  

    "Bibi vive Amália em Portugal:

  Dia 30 de novembro: Casino de Espinho (Porto)

 

Dezembro

 

"Bibi vive Amália em Portugal:

 

Dia 1º dezembro: apresenta-se em Lisboa, no grande auditório do Centro Cultural de Belém. 

Dia 4 de dezembro: apresenta-se no Teatro Municipal Baltazar Dias - no Fuchal, capital da Ilha  da Madeira.

Dia 7 de dezembro: apresentação no Casino de Vilamoura, no Algarve.

 

 

Sobre a tournée de "Bibi vive Amália", em Portugal, escreve-me o diretor Tiago Torres da Silva:

"A tournée portuguesa tem sido um sucesso fabuloso! Em Lisboa, Bibi foi ovacionada durante quase 10 minutos, no final do espetáculo, em frente a uma platéia de mais de 1400 pessoas".

5 de dezembro de 2001

 

 

"Bibi vive Amália" de volta ao Brasil:

Dia 14 de dezembro apresentação no Teatro Alberto Maranhão.  

Dia 15 de dezembro o espetáculo é apresentado no Anfiteatro do Campus da UFRN. Bibi é acompanhada pela Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte - Concerto Cosern de Natal. 

 

 

     

 

Volta para a página inicial do site.

Volta para Bibi Links.

   Fale comigo!

      

 

Suas impressões  

 

 

Nota: Os dados para a atualização desta página são gentilmente enviados por Neyde Galassi, assessora de Bibi Ferreira. 

 

 

 Música: " Ai Mouraria" - voz de Bibi ferreira

 

 

 

O selo "Achei Otimo"  e uma iniciativa que visa a valorizacao e divulgacao de sites que contribuem para o crescimento e a  qualidade da Internet.Receba nossos cumprimentos por seu trabalho e votos de continuidade.

 

Data de atualização: 09/08/2012

 

Os elementos que decoram esta página foram criados por Angela.

 

Todo o material encontrado em "Bibi Ferreira e Edith Piaf" foi cedido, criado ou pesquisado  para uso restrito (e sem fins lucrativos) no site acima citado. É proibida a retirada ou reprodução de  qualquer material escrito ou fotografado, assim como de elementos gráficos concebidos com exclusividade para essas páginas.Todavia, se eventualmente for encontrado algum material que possa ser identificado por terceiros, daremos o crédito devido, mediante comunicado e apresentação das devidas provas.

 

Copyright © 2001 by bibi-piaf.com ® 

Todos os direitos reservados